sexta-feira, 5 de junho de 2009

A Morte

As flores brotam e morren, as estrelas brilham, mas um dia se apagaram, tudo morre, a Terra, o Sol, a Via Láctea e até mesmo todo esse universo não é exeção. Comparado a isso a vida do homen é tão breve e fugidia, quanto o piscar de um olho, nesse curto instante os homens nascem, riem, choram, lutam, sofrem, festejam, lamentan, odeiam pessoas e aman outras, tudo é transitorio, e em seguida todos caem no sono eterno chamado MORTE.

Um comentário:

Guilherne disse...

q depre, pena q é a mais pura realidade